quinta-feira, 23 de agosto de 2007

ANDAR DE MÃOS DADAS

E andar à toa, meio que sem escolher direito o caminho, assim, devagar, sem pressa para nada e ir passeando, aproveitando o dia, o sol do fim da tarde, de mãos dadas com alguém especial. Porque é especial demais este alguém com quem a gente possa só ir caminhando, caminhando, sem falar nada. Não falar nada e caminhar de mãos dadas é fundamental.

Nenhum comentário:

Artigos Relacionados

Blog Widget by LinkWithin