domingo, 12 de dezembro de 2010

sábado, 11 de dezembro de 2010

Natal sem Papai Noel

Estou preparando a minha árvore de Natal. Quero que ela seja viva, mas não quero que seja exterior. Eu a quero dentro de mim. Tenho medo das exterioridades. Elas nos condenam. Ando pensando que o silêncio do interior é mais convincente que o argumento da palavra.

Quero que minha árvore seja feita de silêncios. Silêncios que façam intuir felicidade, contentamento, sorrisos sinceros.

Neste Natal não quero mandar cartões. Tenho medo de frases prontas. Elas representam obrigação sendo cumprida. Prefiro a gratuidade do gesto, o improviso do texto, o erro de grafia e o acerto do sentimento. A vida é mais bonita no improviso, no encontro inesperado, quando os olhares se cruzam e se encontram.


Quero que minha árvore seja feita de realidades. Neste Natal quero descansar de meus inúmeros planos. Quero a simplicidade que me faça voltar às minhas origens. Não quero muitas luzes. Quero apenas o direito de encontrar o caminho do presépio para que eu não perca o menino Jesus de vista. Tenho medo de que as árvores muito iluminadas me façam esquecer o dono da festa.


Não quero Papai Noel por perto. Aliás acho essa figura totalmente dispensável! Pode ficar no Pólo Norte desfrutando do seu inverno. Suas roupas vermelhas e suas barbas longas não combinam com o calor que enfrentamos nessa época do ano. Prefiro a presença dos pastores com seus presentes sinceros.


Papai Noel faz muito barulho quando chega. Ele acorda o menino Jesus, o faz chorar assustado. Os pastores não. Eles chegam silenciosos. São discretos e não incomodam... 
Os presentes que trazem nos recordam a divindade do menino que nasceu. São presentes que nos reúnem em torno de uma felicidade única. O ouro que brilha, o incenso que perfuma o ambiente e a mirra com suas composições miraculosas.


O papai Noel chega derrubando tudo. Suas renas indisciplinadas dispersam as crianças, reiram a paz dos adultos. Os brinquedos tão espalhafatosos retiram a tranquilidade da noite que deveria ser silenciosa e feliz. O grande problema é que não sabemos que a felicidade mais fecunda é aquela que acontece no silêncio.


É por isso que neste Natal eu não quero muita coisa. Quero apenas o direito de recolher o pequenino menino na manjedoura... Quero acolhê-lo nos braços, cantar-lhe canções de ninar, afagar-lhe os cabelos, apertar-lhe as bochechas, trocar-lhe as fraldas para que não tenha assaduras e dizer nos seus ouvidos que ele é a razão que me faz acreditar que a noite poderá ser verdadeiramente feliz.


Neste Natal eu não quero muito. Quero apenas dividir com Maria os cuidados com o pequeno menino. Quero cuidar dele por ela. Enquanto eu cuido dele, ela pode descansar um pouquinho ao lado de José. Ando desfrutando nos últimos dias o desejo mais intenso de que a vida vença a morte.


Talvez seja por isso que ando desejando uma árvore invisível. O único jeito que temos de vencer a morte é descobrindo a vida nos pequenos espaços. Assim vamos fazendo a substituição. Onde existe o desespero da morte eu coloco o sorriso da vida. 

Façam o mesmo!


Descubram a beleza que as dispersões deste tempo insistem em esconder. Fechem as suas chaminés. Visita que verdadeiramente vale à pena chega é pela porta da frente.



Na noite de Natal fujam dos tumultos e dos barulhos. Descubram a felicidade silenciosa. Ela é discreta, mas existe! Eu lhes garanto!


Não tenham a ilusão de que seu Natal será triste porque será pobre. Há mais beleza na pobreza verdadeira e assumida que na riqueza disfarçada e incoerente. O que alegra um coração humano é tão pouco que parece ser quase nada. Ousem dar o quase nada. Não dá trabalho, nem custa muito...


E não se surpreendam, se com isso, a sua noite de Natal tornar-se inesquecível.

Pe. Fábio de Melo.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Inspirações para o Natal

Vamos começar a organizar a casa?

Quê?
Não tem árvore de Natal?
Que conversa é essa, mana!

Muita gente tb nem tem!





Então é Natal!

Pois é...correria grande...
Tanto tempo sem escrever, e de repente...é Natal!
Como acontece com muitas pessoas, e não poderia ser diferente comigo, eu simplesmente adoro essa época natalina.
Eu gostava demais dessa época quando era pequena, e juntávmos todos os primos e tios na casa de vovó, e comíamos, bebíamos, cantávamos, trocávamos presentes...ah...como era boa a hora do amigo secreto!
Mas daí a gente vai crescendo e parece que as coisas vão mudando...
Nem todo mundo pode estar mais presente...
E o Natal foi ficando sem graça na minha familia, por muitos anos...
Até que cansei dessa melancolia e decidi fazer a comemoração do natal todo ano!
Do jeitinho que era qdo a gente era pequeno!
Divertida, infantil, acolhedora, familiar.
É assim que quero que meus filhos conheçam e vivam o Natal...
Como eles falam aqui "A festa da familia toda"

Pois é isso....
Essa semana montamos nossa árvore e já coloquei alguns enfeites...
Esse ano quero fazer uma mesa mais infatil, pois meus filhos querem participar de tudo!
 Estou dando uma navegada na net e me inspirando com várias ideias...
Logo mais no p´roximo post, colocarei algumas inspirações...

Afinal...

Já é Natal na casa de Lellita....

terça-feira, 13 de julho de 2010

O vinho que acompanha o prato



Venham beber e comer! 
Ninguém vai  esquecer do seu estilo e criatividade! 

Aprenda a combinar cada tipo de vinho com um cardápio simples e apropriado.



Parecidos ou diferentes

Chama-se "harmonização" a arte de combinar os alimentos com os vinhos que melhor realçam seu sabor. É um casamento que busca harmonia, daí a palavra. Às vezes, os pares se dão muito bem por serem parecidos. Em outras, porém, as diferenças ou "contrastes" são o que tornam a combinação maravilhosa. Na harmonização dos vinhos e pratos, você pode brincar com essas duas opções. Lembre-se que a sua criatividade pode causar surpresa aos convidados, mas respeitar algumas regras básicas fará com que você seja considerado especialista no assunto. Quando um vinho é realmente excepcional, às vezes é melhor escolher como companhia um prato bem simples, que não interfira na degustação.


As carnes

A carne bovina, preparada na parilla argentina ou na grelha, casa-se perfeitamente com vinhos tintos, como o Malbec ou o Cabernet. O cordeiro, com o Syrah. A carne de porco, ao contrário, além de um tinto complexo como o Pinot Noire, pode cair muito bem um branco como o Riesling. As carnes de caça, como o cervo, podem ser acompanhadas por um tinto muito intenso, como o Merlot. Se você preparar carne com molhos condimentados, pode ressaltar esse tempero com um vinho à base de uvas combinadas: Cabernet com Malbec ou Sauvignon. Em se tratando de peixes, quanto mais branca for sua carne e mais delicado seu sabor, mais combinam com vinhos brancos e leves. Já os peixes oleosos podem "nadar" num bom rosé.

Vegetais, queijos e sobremesas

Dependendo da forma como forem preparados, os vegetais admitem uma harmonização mais variada. O arroz, por exemplo, poderá ir muito bem com brancos espanhóis ou tintos italianos, dependendo se a receita é de paella ou risoto. As massas com molho à base de tomate preferem os tintos; as com molho branco ou cremosos casam bem com vinhos brancos encorpados. Os queijos maturados, como o Camembert e o Brie, preferem tintos muito jovens. Já os queijos azuis, como o Roquefort e o Gorgonzola, podem ser servidos com brancos doces em temperatura ambiente. Por último: sobremesas com creme vão bem com vinho do Porto; doces que combinam frutas e merengues ficam magníficos com um borbulhante champanhe. Você já conhece as regras básicas... que tal agora surpreender seus convidados com combinações inovadoras e sabores inesquecíveis?

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Em tons de Azul e rosa...

Eu e meu marido comemoramos aniversario juntos...
Então, como não íamos fazer festa, decidi fazer só um bolinhos com uns kitutinhos para não passar em branco.
Então fiz um bolo serenata de amor, brigadeiro e o tão apreciado aqui em casa, docinho de queijo.
Obrigada a quem me enviou email parabenizando pela data...fico muito feliz com o carinho que recebo de todos vcs!

Beijinsss e confiram alguns clics da mesa, decorada por mim e pelos filhotes.















quarta-feira, 23 de junho de 2010

Livros de receita organizados


Adorei essa idéia de pendurar os livros de receita...
Os meus são todos amontoados numa prateleira, loucura!



terça-feira, 22 de junho de 2010

Prazer em receber

Não resisti e resolvi postar esta idéia incrivel!
Uma mesa muito simples e chic para pequenas reuniões entre amigos!







Vejam o detalhe da decoração da toalha da mesa!!!Show!

Inspirações

Passeando por aí, encontrei essa festa linda!!
Inspiração para vários temas!
Casa de bonecas, Picnic, Brunch, Chá...







segunda-feira, 21 de junho de 2010

Idéias para Organizar o banheiro...













Enquanto isso, na Casa de Lellita...

A gente só quer motivo para comer...kkkkkkkk
Uma mesinha simples, mas bem arrumadinha para saborearmos durante o jogo do Brasil!











quinta-feira, 20 de maio de 2010

Volteiiiii

Gente, qto tempo!!!
Nossa, tanta coisa pra fazer, andei sumida pra caramba!!!

Estava organizando a festinha de meus babies, quem quiser dar uma espiada é só clicar no meu blog festeiro 

Bom, enquanto ponho minhas leituras diárias em dia...selecionei algumas idéias para vcs...
Vi por aí...espero que curtam!

Reaproveitandooooo tudo!














domingo, 14 de março de 2010

Mais idéias para a Páscoa

Algumas idéias simples para a sua Páscoa.


Que tal essa idéia?
Fazer ovinhos de chocolate dentro de casca de ovos?
Lindooooo

Como deixar a casca colorida?
Coloca para ferver com anelina comestível...
Muito legal!

Não tem grana para os ovos de páscoa?
Não tem problema!!
Vc pode inventar moda com balinhas de goma...
Para modelar em vários formatos vc faz o seguinte:

Amassa a bala de goma até que fique maleável...com ajuda de um rolo, abra sobre a mesa e com cortador corte no formato desejado...
Vc pode fazer desenhos de coelho numa cartolina, usar como molde e recortar com a faca...
Vale tudo...
O que não vale é não fazer nada...

E essa delícia então??
Além de gostosa, decora lindamente a mesa na Páscoa.
E abaixo posto a receita que faço..e que é fantástica!!!




OVINHOS DE CHOCOLATE NO PALITO:

1 pacote de biscoito recheado ( EU USO BONO)
1 xícara de castanha de caju batidas no liquidificador
4 colheres de sopa de leite condensado

Para decorar, se desejar:

Confeitos coloridos
20 palitos para pirulitos
300 gr. de chocolate derretido

Modo de fazer:
Bate o biscoito no liquidificador.
Numa vasilha, acrescenta a castanha tb triturasa e vai acrescentando o leite condensado até formar uma massinha maleável.
Modele os ovinhos, espete o palito e leve á geladeira por uns 15 minutos.

Depois de bem durinhos, banhe no chocolate derretido, que não precisa de choque térmico, se desejar decore com confeitos coloridos, granulados, glacês, o que achar melhor.

Se desejar pode banhar no chocolate branco tingido nas cores de sua preferência.

Espero que gostem!!!As crianças amam!!!(e os adultos tb)



Beijinsssss

Artigos Relacionados

Blog Widget by LinkWithin